Like this post
"Não sei muito bem quando foi que perdi o ânimo, lembro, apenas, de quando decidir não responder respostas. O que tem em mim, eu luto pra esconder. Me anulo e engulo. Não sei direito o que tenho, ora é graça, ora desespero, ora é riso e por horas, choros. Quando morri? Não me recordo bem, lembro, apenas, da última vez em que fui feliz. Eu perdi a fé, compreende? Perdi a fé em mim e em quem confiava. Eu não sei do que eu gosto, não entendo tudo que quero. Sou uma confissão muda."
October, 1994

(Source: florejaram, via evenonthecloudydays)

Like this post
Like this post